segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Tatianices com sorvete!!!

No último domingo, 28 de outubro, saímos no final da tarde para tomar um sorvete ao lado da Livraria Cultura. Ou saímos para um passeio na Livraria Cultura ao lado de uma sorveteria. Duas coisas gostosas que adoramos fazer. Para os que não conhecem, a Livraria Cultura é um lugar especial para os Roedores de Livros. Um lugar amplo, cercado de bons atendentes e ótimos livros. Ouço muita gente falar que agora não vai mais à livraria, que compra tudo por internet, pois geralmente é mais barato... enfim. Pode até ser. Mas eu e o Tino ainda preferimos o contato tátil, visual e olfativo com o livro. É uma relação de afetividade. De aproximação. Às vezes - como aconteceu ontem - namoramos por um tempo com determinado exemplar até que ele possa definitivamente vir para casa.
Mas não foram os livros que nos surpreenderam naquele fim de tarde. A Revista da Cultura, distribuída gratuitamente no interior da loja veio com CONTEÚDO SOBRE LITERATURA INFANTIL (assim mesmo, em caixa alta). Pegamos uma edição e saímos para o sorvete tão desejado. Mas o Tino não teve paciência para ler depois de mim e voltou à loja para pegar um para si. O sorvete ficou mais gostoso. Logo nas primeiras páginas uma entrevista com TATIANA BELINKY. Nas fotos e no texto da revista dá para perceber que mora uma criança no coração daquela sorridente senhora. Nos livros da Tatiana, então... A entrevista foi feita por Carlos Moraes. São quatro páginas de história e paixão por livros. Frases como "Profissão de criança é aprender, mesmo quando está brincando"; "livro que não dá pra rir, que não dá pra chorar e não dá pra ter medo não tem graça", curiosidades sobre seu encontro com Monteiro Lobato e muito mais.A reportagem de capa da Revista da Cultura chama-se Ler para ser: como os pais podem ensinar os filhos a amar a leitura. A repórter Andréa Barros ouviu crianças, pedagogos e nomes importantes do cenário da literatura infantil como Eva Furnari, Rubem Alves e Fany Abramovich. No miolo da revista a reportagem ganha outro título: O que toda criança gostaria que seus pais soubessem. Achei muito apelativo e o texto não consegue passar tudo o que o título sugere. Não é um manual de instruções, mas oferece algumas idéias para pais apressados e com boas intenções.

Difícil encontrar conteúdo interessante sobre literatura infantil fora dos livros teóricos e dos sites tão repletos de teoria. A grande mídia - lida, vista e ouvida por pais ansiosos por conhecer estas novidades - ainda se omite em fazer uma cobertura de qualidade. Para nós, a ótima entrevista com Tatiana Belinki num suplemento de uma loja de livros foi uma belíssima surpresa. Tornou nossa tarde/noite de domingo mais prazerosa. Parabéns a livraria Cultura pela iniciativa. Que continue assim. Caso não tenha uma loja da Cultura perto da sua casa, você pode acessar o conteúdo da revista clicando nos seguintes links:

Entrevista com Tatiana Belinky

O que toda criança gostaria que seus pais soubessem

Mas se a loja estiver ao seu alcance, passe por lá, passeie entre os livros, namore com eles e ouça com atenção... pode ser que algum livro queira ir para sua casa. Hatuna matata.

P.S. Aqui no Blog já publicamos dois posts acerca da Tatiana Belinky. Caso você deseje navegar por eles, clique aqui e aqui.

A foto da Tatiana publicada acima é de autoria de Iara Venanzi e foi scaneada da Revista da Cultura.

Um comentário:

Silvana disse...

olá Ana,
Bem bacana esse registro. O conteúdo dessa edição da revista da Cultura é bom mesmo. Além da entrevista com Tatiana, a matéria sobre "crianças e leitura" traz opiniões pertinentes de educadores, escritores e também dos jovens leitores.
Um abraço
Silvana