segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Que comecem os preparativos!!

A toca está agitada, começamos nossos preparativos para a chegada de uma pessoa muito querida. Inspirados pelos trabalhos de Mariana Massarani os roedores estão organizando oficinas de desenho para montar um mural de Boas Vindas!

sábado, 3 de setembro de 2016

Estudantes de pedagogia visitam o Roedores de Livros

Neste sábado, alunos do curso de pedagogia do Iesb foram visitar a bibliotoca para conhecer o Roedores de Livros. Eles cursam a disciplina Projeto Integrador 2, ministrada pela professora Adrea Moura André, e foram até lá para ter ideias sobre o projeto que terão de apresentar durante o semestre letivo.

O que mais impressionou o pessoal foi o conceito de mediação de leitura, que poucos conheciam. A Ana Paula Bernardes explicou tim-tim por tim-tim como funciona esse processo, que, diferentemente da contação de história, não tem uma relação com as artes cênicas, ou seja, não se trata de uma encenação, mas, sim, de uma leitura em conjunto. O mediador ajuda a compreender o sentido - ou os sentidos - do texto lido.


Para que a turma entendesse melhor, Ana Paula fez duas mediações com eles. A primeira foi Uma Chapeuzinho Vermelho (Marjolaine Leray; Companhia das Letrinhas). A outra foi um dos livros favoritos dos roedores, o Contos de Enganar a Morte (Ricardo Azevado; Ed. Ática). Assim como as crianças, os estudantes de pedagogia se divertiram com a leitura. Eles também conheceram o espaço da biblioteca, como ela é organizada e visitaram a exposição Como nasce um livro ilustrado.





quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Bem-vindos à nova exposição!

Hoje, alguns ratinhos atrasados puderam ver pela primeira vez a exposição "Como nasce um livro ilustrado", que contém os desenhos originais do livro "Cadê juízo do menino". Essa exposição faz parte do Encontros Roedores de Livros de Literatura Infantil. Buscamos, juntos, por todos os parafusos escondidos nos desenhos, mas não temos certeza se nesse processo não acabamos deixando os nossos próprios parafusos no caminho! =D

domingo, 28 de agosto de 2016

Leitura-brinquedo com João Bosco Bezerra Bonfim na bibliotoca

O escritor João Bosco Bezerra Bonfim, convidado do projeto Encontros Roedores de Livros de Literatura Infantil, esteve no Roedores de Livros lendo obras de sua autoria para nossa turma. No vídeo, a leitura-brinquedo de trecho do livro A Botija de Outro (il. Rogério Coelho, DCL). Querido João Bosco, adoramos a visita. Volte sempre!
P.S. Ainda pelo projeto, João Bosco Bezerra Bonfim encontrará leitores da Escola Classe 54, de Taguatinga, no próximo 22 de setembro.

video



Romont Willy apresenta os originais de Máquina do Tempo aos roedores

O escritor e ilustrador Romont Willy (ao centro da foto, segurando o livro) esteve no projeto Roedores de Livros, no Shopping Popular de Ceilândia, como parte das suas atividades pelo projeto Encontros Roedores de Livros de Literatura Infantil.
A galera se impressionou com a apresentação que ele fez do livro Máquinas do Tempo (Callis, Altamente Recomendável para Crianças, pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil / Finalista do Prêmio Jabuti) para as crianças que frequentam o projeto. 
Além da Mediação de Leitura, feita pela equipe do projeto, Romont apresentou as ilustrações originais (que arregalou os olhos da meninada) e as edições do livro publicadas em Coreano e Dinamarquês. A turma achou o máximo!!! 
No fim, para surpresa de todos, Romont mostrou um máquina de escrever Remington Rand Deluxe e a comparou com o notebook (veja a foto). Cada criança escreveu seu nome na antiga máquina de escrever. Foi uma festa. Vivemos ali, o livro, na prática! Valeu demais, Romont. Muito obrigado pela visita!
Foto: Tino Freitas

Exposição Como nasce um livro ilustrado é destaque no Super!

O Roedores de Livros foi destaque na edição de ontem do Super!, do Correio Braziliense! A agenda do caderno trouxe a divulgação da exposição Como nasce um livro ilustrado, que começou ontem mesmo. Ficou super!
E, como o Correio já lembrou, a exposição está em cartaz até 1º de outubro, às segundas e quintas-feiras, das 10h às 16h; e aos sábados, das 10h ao meio-dia. Venham conferir e vejam mais informações sobre o projeto no site encontrosroedoresdelivros.com.br.


Começa o Encontros Roedores de Livros de Literatura Infantil

Já deu para perceber que este mês está recheado de novidades no Roedores de Livros, né? A última é que começou o Encontros Roedores de Livros de Literatura Infantil. O site do projeto já está até no ar: encontrosroedoresdelivros.com.brLá, você encontra uma biografia dos convidados, os livros escolhidos, as escolas participantes e detalhes sobre a exposição Como nasce um livro ilustrado e sobre o Seminário Panorama da Literatura Infantojuvenil no DF. 
A exposição Como nasce um livro ilustrado começou no último sábado (27). Em 12 painéis, é mostrando como foi a criação de Cadê o juízo do menino? (Editora Manati), desde as primeiras ideias do texto, do Tino Freitas, passando pelos estudos (rascunhos) da ilustradora, Mariana Massarani, até os desenhos finais, entregues à editora, antes de serem digitalizados para compor, com o texto, o projeto gráfico do livro. Uma aprendizado divertido para as crianças - e para os adultos também - sobre como funciona todo esse processo.
Os rascunhos dos desenhos digitalizados podem ser comparados aos originais, que têm o traço feito com pincel e nanquim, coloridos com ecolines sobre papel Fabriano para aquarela. No fim, o visitante poderá ler o resultado do trabalho dos dois autores no livro impresso. A exposição fica aberta até 1º de outubro, nas segundas e quintas-feiras, das 10h às 16h, e sábados, das 10h ao meio-dia, na sede do Roedores de Livros, em Ceilândia. O Encontros Roedores de Livros de Literatura Infantil, conta com o apoio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF).

Visitem-nos e espalhem essa ideia!!! E continuem acompanhando as novidades aqui no blog também!

Olha que lindeza ficou o cartaz de divulgação! Compartilhem!

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

De tudo um pouco

Quem aí gosta de jogar jogo de tabuleiro? E de dominó, você gosta? E ler, também?! E que tal fazer uma oficina com colagem e desenho? Hoje fizemos de tudo um pouco na toca dos roedores. Alguns chegaram empolgados para tentar a sorte nos jogos de tabuleiro, outros preferiram jogar dominó, e todos arranjaram um tempinho para poder ler a história de Marcelo: O porco que tinha medo de sujeira (Panda Books).

Já os ratinhos vespertinos preferiram começar lendo e escolheram alguns livros para que eles pudessem ler para todos. Os escolhidos da vez foram: A casa dos cinco sentidos (Editora Nacional), A madrugada na casa do Bruxo (Lê) e Como ir ao mundo da lua (Melhoramentos). Depois da mediação de leitura as crianças vasculharam a toca em busca de materiais para fazer uma oficina de colagem e desenho!





segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Espaço de diversão

Sabe qual é uma das brincadeiras preferidas dos roedores enquanto aguardam o início da mediação de leitura? Jogar Uno. O jogo em que o objetivo é acabar com a mão vazia primeiro e deixar os seus adversários com um montão de cartas faz a diversão da criançada antes de embarcar no universo da leitura.

As crianças têm até técnicas superdesenvolvidas para tornar as jogadas mais eficientes: trabalham em equipe, reúnem as cartas de mesmos valores, ficam atentos para não quebrar regras e comprar mais do monte. A disputa é acirrada!


sábado, 13 de agosto de 2016

O julgamento do chocolate e O Elefante caiu nas mediações de sábado

E nesse sábado, mediamos leituras com as obras O JULGAMENTO DO CHOCOLATE (Alexandre de Castro Gomes, il. Conceição Bicalho, RHJ) e O ELEFANTE CAIU (Ivan Zigg, Abacatte), em novíssima e ainda mais bela edição!