terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Revistas para crianças...

Quando eu era pequeno - lá pelos anos 80 - e morava no interior da Bahia, tinha o hábito de comprar uma coleção infantil que vinha com histórias de Ruth Rocha, Joel Rufino dos Santos, Ana Maria Machado e Sylvia Orthof. Vinha também com um compacto, que era um mini LP, com músicas da MPB que se relacionavam com a história. Chamava-se TABA e rendeu vários números. Por ser distribuída em bancas, chegou nos rincões do Brasil. Hoje, virou artigo de colecionador. Atualmente a Recreio vem cumprindo o papel de ser uma revista semanal para crianças abordando temas atuais, passatempos, contos, cultura, história e outros assuntos que a tornam inclusive um instrumento para pesquisas escolares. A revista - indicada para leitores entre 6 e 11 anos - traz sempre um brinde colecionável e as crianças se envolvem com o conteúdo, muitas vezes comprando a revista só pelo brinde. Depois, divertem-se com seu conteúdo, é claro. Particularmente não gosto do papel usado na impressão (com o manuseio, a criança rasga fácil suas páginas), mas talvez este material consiga manter o preço da revista (R$ 9,95) mais acessível (!!!) ao público.
Uma boa notícia no que se refere a revistas para crianças é o lançamento de dois títulos da Editora Magia de Ler: Toca - a revista dos pequenos e Peteca - Ler, aprender e brincar. A primeira, é voltada para crianças de 1 a 4 anos e a segunda, para crianças de 4 a 8 anos. Ou seja, cobre um hiato no que se refere a revistas para crianças. Ainda não as vi em bancas de Brasília, nem sei se esta é a proposta - espero que sim. Nossos exemplares chegaram até a toca dos Roedores de Livros através do Instituto C&A, parceiro da editora nestas publicações. Mas as revistas são uma grata surpresa. O conteúdo é produzido por profissionais de renome quando o assunto é literatura infantil, o que faz crescer em nós o desejo de vida longa a esta iniciativa.
Toca - a revista dos pequenos (21cm x 21cm, 24 páginas) apresenta uma história escrita e ilustrada por Suppa, uma seção chamada Explica pra mim falando sobre a importância de escovar os dentes e outra chamada Você Sabia?, com ilustrações de Giles Eduar. Conta pra mim apresenta a história Cada Macaco no Seu Galho escrita por Renata Cajado e ilustrada por Maria Eugênia. Outra seção, chamada Quadrinho, apresenta o personagem Babu, de Gilles Eduard. A revista ensina ainda a fazer um picolé de goiaba, traz uma ilustração para colorir, além de outras seções como Brinca comigo? e Vocabulário. Ao final, os personagens de Lila e Piopi, criados por Florence Breton brincam de adivinha. As histórias são curtas e muito coloridas e, assim como quase todo o conteúdo da revista, pede a companhia dos pais - o que torna esta experiência ainda mais agradável para os pequenos. Pais também podem aprender com o conteúdo da revista. Eu, por exemplo, fiquei sabendo a origem da areia da praia.
Peteca - Ler aprender e brincar vem num formato um pouco maior que a Toca (23cm x 24cm, 36 páginas) apesar de manter uma estrutura muito parecida. Começa com uma história de Tereza Yamashita e Luiz Bras, ilustrada por Ellen Pestili. Uma seção nova chama-se O mundo dos sentimentos que nesta edição fala sobre o choro. A Curiosidade Micro fala sobre os cinco sentidos com textos e ilustração de Elizabeth Teixeira. Curiosidade Macro conta uma breve história sobre a formação de diversas línguas em ilustrações de Maria Eugênia para o texto de Juliana Geve. Há ainda Poesia, com o poema A festa na livraria de Renata Cajado com ilustrações de Cécile de Filippi; o espaço para receitas em que ensina a fazer biscoitos de queijo; uma seção chamada Eu sei ler sozinho com a história de Leleu escrita por Carla Caruso como uma carta enigmática; a seção Quadrinho (outra vez com a colaboração de Gilles Eduar); História, em que a Mariana Massarani faz um esboço colorido, divertido e informativo sobre o descobrimento do Brasil. Viagem pelo mundo fala sobre a Federação Russa. Joguinho apresenta uma brincadeira com a língua do P e outra brincadeira: O que falta na salada? Gostei muito do Cultura Geral. O texto fala de Mozart. Mas, principalmente, do compositor criança num texto agradável aos pequenos leitores. Mais um ponto para a revista. Ao final, mais uma adivinha com personagens de Florence Breton.

As revistas têm tiragem inicial de 5 mil exemplares cada e o apoio do Instituto C&A aparece discreto num cantinho da capa. Não apresentam publicidade interna e a impressão é feita num papel muito bom. Mais resistente ao manuseio infantil. O ponto fraco é o preço final ao consumidor. A Toca sai por R$ 16,00 e a Peteca custa R$ 18,00. Definitivamente não é um preço popular. Sabemos da qualidade do produto e do talento de seus colaboradores, mas devemos ainda pensar que o consumidor final - o brasileiro - terá dificuldades culturais e econômicas de adquirir revistas infantis a este preço. As edições serão trimestrais e, se você não encontrou as revistas pertinho de casa, podem ser compradas na internet diretamente no site da editora Magia de Ler. Passe por lá. No mais, desejamos vida longa a esta iniciativa e que outras possam frutificar com qualidade, fantasia e boa literatura. That´s all, folks!!!

2 comentários:

Ligia Pin disse...

Acredite se quiser, mas tenho alguns exemplares do TOCA em casa( um dia explico como chegaram até mim).
Que 10!
;o)

ligia pin disse...

Não, os que tenho são TABA!!!
rsrs