domingo, 10 de junho de 2012

MAIS!

 

Sábado passado (09/06), Edna foi a primeira a chegar à Bibliotoca do Roedores de Livros. A seguir, acompanhamos seu relato sobre mais um daqueles instantes que fazem todo o nosso trabalho valer à pena:
 


 

Hoje, ao chegar a Bibliotoca, local onde acontece o projeto Roedores de Livros,percebi que havia esquecido a chave. Que fazer? Esperar os demais colegas roedores chegarem. Sentei-me no chão com as caixas de livros ao lado.

Primeiro, chegou Stefani. Em seguida, Israel.
Pedi a Israel para ler uma história para nós. Que ele escolhesse um livro.
O livro escolhido foi A GRANDE FÁBRICA DE PALAVRAS (Agnes de Lestrade, il. Valeria DoCampo, Aletria).
 
Não precisei dizer nada a Israel.
Ele pegou o livro e começou a leitura/mediação.
Mostrou o livro, leu a autoria e ilustração.
 
Fez a leitura, COM COMENTÁRIOS próprios. Incrível.
Não resisti ao encanto de leitura dessa criança tão incrível.
Agradeci a meu Anjo protetor por eu ter esquecido a chave da Bibliotoca. Graças a esse esquecimento, pude presenciar/registrar estes INSTANTES mágicos.

Edna Freitass.

3 comentários:

Filyppe Saraiva disse...

É por essas e outras (como a criança que me ajuda a catar os livros do chão e só diz "tio... tó!") que eu amo o que faço. Chamem de síndrome de Peter Pan ou do que quiser, mas estou feliz por viver num mundo repleto de magia como esse.

Ao pequeno Israel, meus parabéns pela contação (e parabéns por citar autor e ilustrador, coisa que, às vezes, as adultezas da vida tiram da gente!).

Mil Cachinhos disse...

ah, que deliciosa experiência a Edna viveu... ver um pequenino com tanta desenvoltura com os livros é mesmo especial. Ainda mais com esse livro, que eu adoro!
bjs e sucesso aos roedores sempre...
Mil Cachinhos

Juciene Oliveira disse...

Fico deslumbrada toda vez que venho aqui conferir o trabalho de vocês.
Precisamos de mais pessoas no mundo assim gostem de se doar.