quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

LITERATURA NO CONIC

Quando eu cheguei a Brasília no final dos anos 90, o CONIC era como se fosse o quintal da minha casa. Todo dia estava ali com os amigos do Dulcina, tomando um café no Eldorado ou pão de queijo com o açaí do Ponto do Guaraná. Fui me distanciando daquele local mágico, cultural e, sempre que arranjo um motivo para passear por lá me dá uma sensação de que vai ser bom. Hoje vou rever amigos e jogar conversa fora naquelas redondezas. E você, vai fazer alguma coisa interessante nessa tarde-noite de quarta? Hatuna Matata!!!

P.S. Clique sobre a imagem e conheça a programação de hoje do VERÃO LITERATURA, publicada no Correio Braziliense dessa quarta.

4 comentários:

Silvana disse...

Nossa! O Conic é tudo. Fui em muito filme nas salas Miguel Nabut e Badia Helou, sem falar no eterno Cine Atlântida! Também comprei muito livro e lp bom por lá. A programação de hoje está nota 10. Se estivesse em Brasília nos cruzaríamos por lá...

Jana disse...

Puxa! Faço das palavras da Silvana as minhas... Quanta saudade desse pedacinho de mundo!!! Magia pura. Aproveita por nós, Tino!

Gabriela de Amorim disse...

Olá!
Estou passando para parabenizar pelo seu trabalho!
Tem presentinho lá no meu Blog: http://encantamentosdaliteratura.blogspot.com/2011/01/selo-de-qualidade.html

Receba com todo carinho!
Gabriela

Gabriela de Amorim disse...

Olá!
Estou passando mais uma vez para parabenizar pelo seu trabalho!
Tem novos selinhos de presentinhos lá no meu Blog: http://encantamentosdaliteratura.blogspot.com/2011/02/selinhos-duplos-de-qualidade.html

Até a próxima!
Gabriela