segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Flagra

Dia desses fizemos a mediação com o livro O CASO DO POTE QUEBRADO (Milton Celio de Oliveira Filho, il Mariana Massarani, Brinque Book). Foi no meio da semana. A gente foi até a Ceilândia para um encontro com o pessoal do Shopping Popular e algumas crianças correram para a sala do projeto e acabou que nos divertimos com essa leitura. "Vitinho" foi uma dessas crianças. Ele riu à beça tentando adivinhar as charadas que surgiam das rimas e ilustrações.

No sábado, 17 de julho, flagrei essa sequência de fotos com o pequeno Vítor, que ainda não sabe ler - ou sabe?! Ele escolheu o livro que estava exposto no painel e começou a fazer sua leitura inspirada na memória daquele dia em que nos divertimos juntos.

Peguei a máquina e registrei aquele momento. Lá pelas tantas o livro muda sua leitura horizontal para uma página vertical. E lá se foi o menino rodando o livro em busca da melhor posição para sua leitura.

Inteligente, mesmo seu saber o jogo das palavras, ele foi tentando adivinhar os bichos através das pistas ilustradas. Dá para perceber pelo seu riso e desenvoltura o quanto o livro trouxe alegria para ele. E para nós. Hatuna Matata!!!

3 comentários:

Mariana Massarani disse...

:)

Bruno Portella disse...

Muito legal a iniciativa.

Tenho lido seu blog e até então não comentei. Sou fascinado (e não entendo nada) sobre como a literatura age nas crianças.

Muito legal mesmo seu blog!

Jussara disse...

Porque não organizam eventos no plano piloto? As crianças daqui iam curtir de montão. Eu posso ajudar a divulgar no meu blog:
www.manualdefilhos.blogspot.com