quinta-feira, 27 de maio de 2010

4 anos de Roedores de Livros (2006 - 2010)

O céu da Ceilândia estava particularmente belo, sem nuvens, naquela manhã de sábado, 08 de maio. Ainda não sabíamos, mas seria um dia incrível no Roedores de Livros. Não só por que comemorávamos quatro anos de atividades (o projeto teve início em 6 de maio de 2006), mas por que as crianças apareceram em massa. Ah, teve outro motivo muito especial, mas só podemos dizer em junho. Por enquanto, cruzamos os dedos. 9h. A casa estava pronta para receber os amigos.

A garotada foi chegando, foi chegando e aí, o jeito foi abrir o tapete vermelho na sala de entrada. Três novos visitantes: Israel, Isabel e Isaac. Depois, dois irmãos (Fernando e Paulo). Ainda vieram duas Vitórias, Ana Clara, Sara, Tiago, Cauã, Cecília… aturma foi chegando como nunca naquele dia.

Tino começou com uma sequência de cantigas tradicionais: O sapo não lava o pé, Minhoca, Borboletinha, Dona Aranha, A Barata… e todo mundo foi participando, pedindo músicas e as canções ecoando pela sala, descendo pelas escadas e atraindo mais crianças.


Chegou a hora das histórias. Eu tinha levado alguns livros super-super para a mediação e comecei com A vaca que botou um ovo (Andy Cutbill, com ilustrações de Russel Ayto, Salamandra). Diverte e surpreende. O final é muito legal. E as crianças curtiram.

Mais crianças sentaram no tapete. Quase 30!!! Hora de ler Comilança (Fernando Vilela, DCL). O livro tem um formato que - junto com as ilustrações do autor - arregala o olho da gente. A cada página uma surpresa. Uma criança mais impaciente se levanta lá atrás da roda, outra criança se inclina ainda mais na direção do livro. Alegria, gente. A leitura foi um sucesso. Interação, integração, emoção. Foi demais!!!

Depois, Tino leu um livro que foi surpresa para todos: Shrek! (Wiliam Steig, Cia das Letrinhas). Ali, nenhuma criança sabia que o filme surgiu depois do livro. Tentavam adivinhar a história e ficavam mais e mais curiosos ao ver que, apesar de alguns personagens em comum (Shrek, burro e princesa), havia outros e um enredo diferente mas muito, muito engraçado. Divertiu tanto quanto o filme.

Terminada a mediação, Edna, Célio e Clara Etiene (nossa convidada especial, responsável direta por estarmos de casa nova) prepararam uma mesa especial para os parabéns. Bolo, suco, refrigerante e um monte de gente confraternizando conosco. Poses para as fotos, palmas, uhús e muita alegria.

Casa cheia, foi preciso dividir as crianças em três grupos. Um grupo ouvia Clara Etiene e o Tino mediando outros tantos livros. O terceiro, fazia Barangandões com Ana Paula. Depois de um tempo, trocávamos os grupos de lugar enquanto Edna coordenava a distribuição de tarefas, de crianças e tudo o mais que fosse preciso.


Outro grupo escolhia os livros para uma leitura ora compartilhada, ora sozinha, mas sempre sob o olhar atento do Célio. O terceiro, fazia Barangandões comigo. As crianças maiores serviram de monitores para os menores e isso foi muito legal. Depois de um tempo, trocamos os grupos de lugar enquanto Edna coordenava a distribuição de tarefas, de crianças e tudo o mais que fosse preciso.

Meio-dia, cansados e felizes, saímos da Torre A do Shopping Popular da Ceilândia com a certeza de que livros e crianças precisam se encontrar mais, produzindo manhãs cheias de fantasia e alegria. No térreo, muitos barangandões balançavam no ar. Como é bom ser criança. Como é bom viver a infância. Estamos prontos para mais quatro anos. E outros tantos. Hatuna Matata.


7 comentários:

Ligia Pin disse...

Que lindo isso!
Beijos carinhosos,
;o)

Mariana Massarani disse...

Muito bacana!
Parabéns!

claudio rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Silvana Tavano disse...

Parabéns duplo: pelo trabalho lindo que vocês fazem, e pelo "Juízo do Menino" na lista dos 30 melhores da revista Crescer --Viva, Tino!
beijo

Fátima Campilho disse...

Guardaram o meu pedaço de bolo no freezer? Quero comemorar no dia do Salão!
Parabéns!
Abraços

Maria Amália Camargo disse...

Um passarinho me contou que o Juízo do Menino foi encontrado na Crescer!
Ai, ai, esses Roedores estão mais famosos do que Mickey Mouse (rs).
Parabéns pela matéria, pela seleção e pelo próximo lançamento!!!
Beijocas comemorativas,

Alessandra Roscoe disse...

Queridos,
O aniversário é dos Roedores e nós é que ganhamos presente! Que delícia poder compartilhar estes momentos tão especiais e incríveis, cheios de histórias e imaginação com vocês!
Que venham muitos outros, sempre!
beijocas festivas e cheias de "baranGRANDÃOS"