segunda-feira, 18 de maio de 2009

O primeiro livro a gente nunca esquece...


Hoje recebi a notícia que foi o melhor presente que um Roedor de Livros poderia receber no dia do seu aniversário:

A editora informou que NESTA SEGUNDA, 18 de maio, os arquivos do meu PRIMEIRO LIVRO vão para a gráfica. O primogênito intitula-se CADÊ O JUÍZO DO MENINO, ganhou asas nas ilustrações absurdamente geniais de MARIANA MASSARANI e ninho nos braços carinhosos e competentes da equipe da MANATI. O projeto ficou LIIIINNNDDDOOOOOOOOOOOOOO!!! Aqui em casa tá uma festa só. E eu não poderia fazer outra coisa que não dividir essa alegria com vocês.

Aos poucos, vou contando sobre o livro, como e quando a ideia surgiu, a emoção de receber um telefonema da editora, a ansiedade, o silêncio – para evitar o mau olhado – até chegar hoje e poder desembrulhar a notícia e distribuir entre os amigos. Por enquanto deixo só a capa para vocês irem acostumando o olhar…

O lançamento acontecerá daqui a um mês, 19 de junho, 15h, no CENTRO CULTURAL AÇÃO DA CIDADANIA, durante o 11º Salão FNLIJ, no Rio de Janeiro. Acho que depois disso ele estará à venda nas livrarias e na internet. Lançaremos também em Fortaleza, Sampa e Porto Alegre – confirmo as datas logo, logo.
Hauna Matata!

11 comentários:

Lígia Pin disse...

Tino, menino!
Nossos emails já dizem tudo!
Beijos e sucesso.
;o)

Hermes Bernardi Jr. disse...

Eba! Parabéns, a capa tá lindona. Huhu

E quanto ao mau-olhado, ignore-o se houver, tem mais bom-olhado do que você imagina.

bem-vindo ao mundo dos fazedores de arte com as palavras!

Um beijo
Hermes

Edna Freitass - Assessoria Milenar disse...

muito querido tintino,

hoje, 18.05.2009, foi duplamente gratificante abrir nosso blog dos roedores.
na primeira página, estampada a capa de seu primogênito literário e ser o dia de seu aniversário.
quem produz um livro sofre as dores de um parto.
até o prazer proporciona dores, sabemos disso. daí a dor prazerosa que é parir um livro.
sinta-se, hoje, merecidamente, deitado em berço esplendido, curtindo seu rebento.
somos roedores e estaremos sempre pertos um do outro.
beijos em seu coração.
sempre, sempre,
edna freitass - sua prima e fã

Fátima Campilho disse...

Ohhhhhhhh!
A capa está liiiiiinda!
Imagino o conteúdo, menino Tino (quase adivinho o título)!
Parabéns duas vezes.
Se já plantou a árvore, já cumpriu o seu papel. Agora, é só relaxar e pôr o "lápis" para dançar no papel porque da sua cabeça, meu querido, sai uma fumaça de idéias que daqui da minha janela posso ver!
Vi Mariana,vi Mariana...
O dia já está agendado, vou ser a primeira da plateia.
Beibochechas!

Alessandra Roscoe disse...

Que alegria, Tino! Fico muito feliz, adorei a capa e já estou curiosa pra saber a história e as histórias todas da história!
Muitos beijos e abraços literários e poéticos pra você, com e sem juízo!

Camila Carrossine disse...

Olá Tino!
Parabéns!!!
Que ótima notícia!
Espero que seja o primeiro de muitos!!! Beijos

Luciana Conti disse...

Oi Tino.
Que legal! Estou curiosa para ler seu livro, que tenho certeza é a história de um menino legal. Bom para ler para o meu menino Pedro, de 7 anos, que está sempre com o juízo perdido. Mas, apesar do trabalho que me dá, ele me faz feliz, junto com o Antônio, 2 anos, outro maluquinho que vai pelo mesmo caminho. Espero que seu menino sem juízo, com a cara que a genial e gente boa Mariana lhe deu, te dê muitas alegrias.
Bjs e sucesso.
Luciana Conti

Peter O' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Peter O' disse...

Ontem, a Lúcia me contou... e vim aqui ver-um-preview e aplaudir ;-)

Parabéns, Tino!
Você está supercalifragilisticexpialidocious...
Abraço de letrinhas!

Kyria disse...

Parabéns hem? Bjs

CárcamO disse...

Cadê o juizo do tino ?.parabéns pelo livro.espero que seja apenas o primeiro de muitos.juizo não vai faltar a um roedor.um grande abraço e sucesso!!
abs
cárcamo