quinta-feira, 6 de setembro de 2007

O pavão misterioso renasce em Brasília...

O livro ficou pai d’égua
Igual suco de cajá
O desenho é de Brasília

E o texto do Ceará

A quadra acima foi a dedicatória que recebemos na tão esperada nova edição d’O Pavão Misterioso publicada pela editora IMEPH. Digo nova edição. Não reedição. As ilustrações maravilhosas e inconfundíveis de Jô Oliveira são as mesmas que abrilhantaram a versão publicada em 1987 que temos aqui em casa. Naquela ocasião, o pernambucano radicado em Brasília adaptou para prosa os versos de João Melquíades Ferreira e de José Camelo Rezende publicados originalmente em cordel. Desta vez, 10 anos depois, a história fabulosa de “um rapaz muito engenhoso que raptou uma princesa num pavão misterioso” ganha novo fôlego nas 58 sextilhas do cordelista cearense Arievaldo Viana. O texto ganhou uma linguagem mais atual e juvenil aproximando a história secular do universo infantil.
O lançamento em Brasília acontece nesta sexta, 07 de setembro, a partir das 19h, na Praça dos Cordelistas da 26ª Feira do Livro de Brasília, com a presença de Arievaldo Viana e Jô Oliveira. Apareçam por lá. E aproveitem para garantir seu exemplar do pavão antes que ele suma pelos ares e se torne raro.

Por fim, deixo abaixo um aperitivo da beleza deste novo e belo pavão. Clique na imagem para vê-la numa melhor resolução.

Um comentário:

Lígia Pin disse...

Flap, flap, flap...
não posso nem imaginar
quão linda irá ficar
a nova versão desse romance
sobrevoando minha estante
bem ao lado da antiga
que eu já acho tão linda!

Ai... será que consigo encontrar aqui em Sampa ou esse privilégio só faz parte do planalto? Eu quero! Eu quero!
;o)

Beijos